270 Views

Um bate-papo sobre EMOÇÕES

O que você está sentindo?

Emoções são feitas para serem sentidas – nunca se esqueça disso.

Elas descrevem situações que as palavras não são capaz de explicar profundamente. Um choro de felicidade não precisa de explicação, assim como o de tristeza também não.

Você é tudo isso e, ao mesmo tempo, você não é nada disso. Todas as emoções e sentimentos que você sente fazem parte de quem você é naquele momento. Mas depois não é mais! Eles cumprem suas funções e se vão. Logo, você também não é nenhum desses sentimentos.

Pode parecer confusa essa ideia, eu sei! Mas é importante você enxergar essas emoções fazendo parte de você e também você existindo sem elas. O problema das emoções é quando você se apega a elas e não as deixa fluir! Tem gente que se identifica tanto com a tristeza, por exemplo, que não a permite ir embora e ela acaba ficando presa em alguma parte do corpo. Não é assim.. essa tristeza fez parte de você, mas você não é essa tristeza. Você é muito mais!

Ao mesmo tempo que os sentimentos não são fáceis de serem explicados com palavras, é interessante você fazer esse mergulho interno para descobrir o que você tá sentindo naquele momento. Raiva? Frustração? Nojo? Alegria? Medo? O que é?

Com o tempo, você vai começar a entender os sinais do seu corpo quando cada um desses sentimentos surgirem. Sabe porque isso é importante? Assim você passa a ter consciência deles sem que eles te controlem e façam com que você “perca a cabeça”.

Sentir raiva é lindo! Te mostra que você está vivo(a) e que aquela situação não está de acordo com seus princípios internos! Que maravilha!! Mas e aí? O que você faz com ela? Se permite sentir? Prefere reprimir? Desconta nos outros?

Se conhecer não é apenas saber o que você gosta ou não de fazer. É também você entender sobre seus sentimentos, é você entender porque teve determinada reação e o que estava buscando naquele momento.. se conhecer é ser responsável pela sua própria vida, sem deixar com que outros tomem conta por você.

Afinal, quem vive sua vida? Você ou os outros? Então não dá mais para esperar que os outros saibam lidar com você se nem você mesmo(a) sabe fazer isso?

Fazer as pazes com suas emoções é se permitir senti-las quando elas surgirem, sem que você fique julgando se é certo ou errado sentir aquilo. Tá tudo bem sentir frustração, raiva, alegria, medo e todas elas! Quando você as sente, elas se movimentam e saem de você. Deixe-as ir e fique com as lições que elas vieram te ensinar.


Por: Thaís Duarte

Gostou? Compartilhe!
  •  
  •  
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
9

Imperdível

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados