287 Views

Quando o amor bate à porta

Você também sentiu?

Desculpe, mas preciso perguntar
Só eu senti?!
As borboletas alçaram vôo no seu estômago também, não foi?!
Então por que não me disse…?
Por que você e eu nos calamos?
Por que fingimos que nada aconteceu?
Volta.
Volta e me conta que eu acendi uma faísca aí dentro.
Volta e me fala que você sentiu o frio na barriga que esteve sumido desde a adolescência.
Volta e me convida pra dar um tiro no escuro.
Volta e me pede pra acreditar em amores de filme só mais uma vez.
Volta e diz que vai ser diferente com você.
Porque eu sei, a gente mal se conhece
Mas eu também sei que a gente merece
Assumir uns riscos de vez em quando.
Porque eu sei, o amor nem sempre dá certo
Mas eu também sei que a gente não pode parar nunca de procurá-lo
Porque sem ele a vida não faz sentido.
Porque eu sei, eu posso ser só mais uma garota no seu caminho
Mas eu também posso ser a que vai segurar seu coração nas mãos
E você só vai descobrir se voltar, com esse seu sorriso de canto, e perguntar de uma vez “só eu senti?”.

E não, não foi só você.


Por: Ana Gabriela Nunes

Gostou? Compartilhe!
  •  
  •  
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
35

Imperdível

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados