Este post é imperdível. 1.434 Views

Intensidade ou Carência?

Nem toda intensidade está a meu favor.

Alguém aí conhece carência disfarçada de intensidade?!

Pois é… isso existe e muito!

Eu mesmo descobri a minha há uns 02 meses atrás. Fiquei chocada!

Sempre acreditei que os meus mergulhos de cabeça nas relações (amorosas no meu caso) era fruto da minha intensidade. E por conta dessa “intensidade” caí de cabeça em lugares bem rasos, justamente porque não parava um instante sequer para avaliar o que muitas vezes estava bem evidente, logo ali na minha frente. A minha “intensidade” era uma espécie de venda que eu colocava nos olhos para não enxergar o quão desesperada eu estava por um grande amor.

Não era intensidade, era aflição! Eu estava aflita e ansiosa para encontrar um amor que preenchesse o meu buraco. E então eu entendi como a minha intensidade disfarçava a minha carência. Porque vamos combinar: ser intensa é muito melhor do que ser carente né?

Hoje sei que a intensidade é uma das minhas melhores qualidades. Adoro ser intensa e acho lindo essa coisa de viver com entrega e totalidade. Mas a consciência caminha junto, pois a minha intensidade deve estar a meu favor para que eu desfrute e saboreie o melhor da vida sem me engasgar!


Por: Komala Roberta 

Gostou? Compartilhe!
  •  
  •  
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
7

Imperdível

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados