166 Views

Como saber se você está evoluindo?

Conheça o Diário de Evolução Semanal.

Sabe quando a gente se pega andando em círculos, derrapando ou simplesmente com a sensação de que NÃO ESTAMOS SAINDO DO LUGAR?

Percebi que isso usualmente acontece comigo – e com as pessoas que atendo e com quem trabalho – não porque estamos travados.
Mas porque na maior parte das vezes estamos olhando pro lado errado.

Olhamos com mais freqüência para o que não está fluido, porque é o que nos incomoda mais.

Quando começamos a mexer em algo que está nos atrapalhando, bloqueando ou sabotando, mudanças imediatamente começam a ser feitas. E as coisas automática e rapidamente começam a mudar.
E aí, o que acontece?
A dor some, e passamos a focar em outras coisas – ou até em outros problemas.

Quando a dor ou o desafio que estávamos focados em resolver somem, é natural que nos esqueçamos de que um dia eles estiveram lá.

Quer ver só?
Sabe quando você começa a tomar um remédio para determinado problema e o problema some? Quantas vezes você esquece ou desiste de continuar tomando o remédio?
Na verdade, você esquece até que estava com o problema porque não precisa mais ficar pesando nele. Em outras palavras, como o problema não dói mais, temos a sensação de que ele para de existir.

Agora preste atenção: A MESMÍSSIMA COISA acontece com suas conquistas, com seu crescimento e sua evolução!

Quando você trabalha aquela parte sua que estava bloqueada, doendo ou que não estava funcionando bem e o x da questão é resolvido, você simplesmente esquece o que foi feito.

É do ser humano seguir em frente sem se dar conta de tudo o que acontece, vive e faz.

Aí o tempo passa e temos a falsa percepção de que nada mudou, de que nada de bom aconteceu, que não aprendemos, crescemos nem evoluímos.

Hoje estou aqui pra te dizer que isso não é verdade.
Que estamos o tempo todo andando pra frente.
Que somos parte de um Universo em expansão.

Nos meus processos de Coaching, Mentoria e Terapias percebo que ao vencer determinados desafios, curar feridas e traumas, liberar bloqueios e reprogramar seu sistema de crenças, pensamentos, sentimentos e emoções as pessoas não e dão conta do grande salto que é dado simplesmente porque quando o problema é sanado elas rapidamente se acostumam a viver sem ele.

E é assim, mesmo, não é, gente?
A gente se acostuma rápido com o que é bom.
Só que nosso cérebro acaba fazendo o mesmo com nossas conquistas, nossos feitos e materializações: ele segue em frente e não toma nota das coisas (pequenas ou grandes) incríveis que fazemos diariamente, que nos levam aos grandes feitos.

O que fazer?
Anotar! Escrever, documentar!
Cada pequena conquista, cada degrau subido, cada movimento feito, cada parte concluída – seja do seu projeto pessoal ou profissional.

Durante tempos, nesta vida empreendedora, eu achava que estava empacada e não evoluindo nada.
Até que comecei a usar uma planilha, que eu chamo de Diário da Evolução Semanal, que vou disponibilizar aqui pra você baixar, que me trouxe clareza e provas de que eu estava – e estou – diariamente produzindo, inventando, criando muitas coisas.

Ao poder olhar para tudo que você anda entregando – a si mesmo e para o mundo – diariamente, você se sentirá mais empoderado e satisfeito com sua vida, com suas conquistas e se lembrará de se alegrar não somente com os resultados finais, mas com cada trecho da sua jornada!

Modo de usar seu Diário de Evolução Semanal:

(Esta é apenas uma sugestão, você pode usar como fizer mais sentido pra você)

– Imprima no começo de cada mês 4 ou 5 folhinhas (dependendo do mês você precisará de mais ou menos);
– Diariamente, escreva os pontos importantes do dia (aquilo que você fez, aprendeu, eventos, coisas que começou ou terminou, enfim, o que quer que seja relevante para você anotar);
– Lembre-se de escrever diariamente na sua folhinha – com a correria do dia a dia nós nos esquecemos com enorme rapidez o que aconteceu e o que fizemos no dia anterior;
– Tenha uma pastinha para guardar as folhinhas do(s) mês(es) terminado(s), pois elas servirão de consulta para você poder ver e avaliar sua evolução posteriormente no mês, nos trimestre, semestre, no ano etc).

Espero que esta pequena ferramenta traga a você o senso de realização, plenitude e propósito que tem trazido a mim e aos meus alunos da mentoria, que a têm utilizado já há algum tempo, dando excelentes feedbacks sobre como se sentem podendo visualizar com facilidade, simplicidade e clareza seus feitos diários.

Você é guardião / guardiã das suas conquistas diárias.
Mas se guardá-las a sete chaves, onde nem você as consegue enxergar, terá a impressão de não estar experimentando progresso!


Por: Ana Paula Barros

Gostou? Compartilhe!
  •  
  •  
Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
1

Imperdível

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados